Conheça 9 tipos de entrevista ideais para recrutamento em startups

Conheça 9 tipos de entrevista ideais para recrutamento em startups

A importância de uma boa seleção de candidatos aumenta quando estamos falando em startups, que tem como um de seus maiores ideais a inovação. 

Para isso, temos que buscar os profissionais que tenham as habilidades e conhecimentos necessários e também que tenham em si esse espírito inovador, que irá guiá-lo junto com a empresa para o topo.

Ma como garantir que esse tipo de profissional entre na minha empresa?

Para isso, vamos te mostrar quais os tipos de entrevista que podem ser feitas nos processos seletivos de uma startup que vão te ajudar a escolher a pessoa ideal para trabalhar em sua empresa.

9 tipos de entrevista para recrutamento em startups

Os tipos de entrevista que vamos falar aqui apresentam suas próprias particularidades, sendo mais efetivas em determinados processos, ou mais eficientes quando usadas para buscar por um perfil em específico de profissional para a sua equipe.

Agora, vamos conhecer cada uma delas?

1. Entrevista técnica

O primeiro tipo de entrevista é a entrevista técnica, que como o próprio nome já diz, irá avaliar os conhecimentos técnicos bem específicos do candidato.

Por ser uma avaliação focada no perfil teórico, sem analisar as competências e comportamento do candidato, este tipo de entrevista não é tão utilizado por startups que buscam perfis inovadores.

No entanto, podem ser utilizadas em conjunto com outros tipos, de modo que proporcione aos avaliadores uma identificação mais ampla dos conhecimentos do candidato.

2. Entrevista Comportamental ou por competências

entrevista comportamental

Um tipo de entrevista que tem ganhado bastante destaque atualmente nos processos seletivos é a entrevista comportamental.

O objetivo dela é avaliar personalidade e as habilidades comportamentais do candidato, para verificar se há uma afinidade com a posição e com a cultura da empresa.

Será perguntado basicamente sobre as experiências profissionais e sua forma de agir em determinadas situações. 

Sendo muito útil para traçar o perfil do candidato, e definir se ele se encaixa, ou não, na cultura e ideais da startup.

3. Entrevista com estudo de caso

A entrevista com estudo de caso tem como finalidade avaliar a capacidade analítica e de resolução de problemas do candidato.

Nela, o entrevistador irá solicitar que faça uma análise de um caso de mercado que contenha um problema característico daquela indústria ou negócio e apresente uma solução.

Essa é um dos tipos de entrevista com mais resultados para identificar as competências importantes nos candidatos, como a sua habilidade de resolução de problemas e todo o processo de solução em si. 

Já que você conseguirá entender quais os caminhos são tomados para se chegar a solução, e quais tem ideias inovadoras de solução.

4. Entrevista coletiva

Na entrevista coletiva, são avaliados vários candidatos de uma vez. 

Quando temos profissionais que apresentam conhecimentos técnicos e habilidades semelhantes, fica mais fácil de se identificar aqueles que se sobressaem aos demais durante uma entrevista coletiva.

5. Entrevista-painel

Neste tipo de entrevista temos uma composição mais dinâmica, pois vários avaliadores irão entrar na sala e abordarão diversas questões inerentes à sua realidade específica. 

Assim, será possível avaliar tanto a habilidade de resolução de problemas propostos pelos entrevistadores e também situações adversas, já que serão novos entrevistadores que irão aplicar essas questões.

6. Entrevista remota

entrevista remota

Com as transformações digitais, o surgimento das entrevistas remotas acabou se tornando um dos tipos de entrevista mais usados recentemente.

Já que podem ser feitas com muito mais flexibilidade que as convencionais, onde as pessoas não precisam se deslocar até um prédio específico.

E, junto a essa flexibilidade também surge a necessidade de que o ambiente onde será conduzido a entrevista possa simular as condições ideais para esse tipo de atividade. 

Portanto, é importantíssimo que o ambiente seja tranquilo e silencioso, além de ter uma boa conexão de internet, para que o profissional se sinta à vontade durante a entrevista.

7. Entrevista por etapas

A entrevista por etapas é um tipo de entrevista em que não é feita toda a entrevista de uma vez, ela é então dividida em etapas.

Essa divisão em etapas permite que se possa cada etapa em uma característica diferente a ser avaliada.

Por exemplo, quando há a necessidade de se testar os conhecimentos teóricos e suas habilidades práticas, podemos dividir em etapas diferentes, e assim focar em uma habilidade por vez. 

Claro que este é um tipo que demanda mais tempo de execução, portanto é indicado para casos onde não existe a urgência na contratação do profissional.

8. Entrevista desafio

entrevista por desafio

A proposta desse tipo de entrevista é gamificação da entrevista, de modo que envolvendo situações lúdicas para que atinjam resultados específicos. 

Podendo ter diversos objetivos, como motivacional, integração, cumprimento de metas e processos de contratação de profissionais.

A ideia é que se use de situações que demandem o uso do raciocínio, experiências passadas e mais uma série de outras competências  e habilidades que os avaliadores, ou gestores, entendam como necessária.

Mesmo sendo um tipo muito interessante, ela demanda muito planejamento para sua execução. 

Sendo bastante usado em dinâmicas de grupo e, assim verificar a reação de cada um dos candidatos diante do trabalho colaborativo. Além de identificar mais facilmente quais candidatos têm as características que buscamos, como ideais da empresa e o espírito inovador.

9. Entrevista de estresse

Por fim temos a entrevista de estresse, onde o gestor deseja verificar o comportamento do candidato quando está em um cenário de estresse. 

Como um exemplo podemos citar uma sabatina, onde várias perguntas são feitas em alta velocidade, fornecendo ao candidato pouco tempo de processamento para a resposta.

Apesar de não ser tão popular, dentre os tipos de entrevista este é um ótimo método para verificar como alguém se sai diante de situações em que o espaço de tempo para resolução é curto. 

No entanto, não se mostra um bom método para a avaliação geral do candidato.

Conclusão

Sabemos que a contratação da pessoa certa para trabalhar em sua empresa pode mudar os rumos do seu negócio.

Por isso, entender e testar os diferentes tipos de entrevista irá te dar uma maior confiança em como melhor estruturar seu processo de recrutamento.

Posts relacionados


PT

Conheça o top 8 do desafio InovAtiva

Encerrando o ano, o Mega Hack 5.0 foi além de quaisquer expectativas. Só quem participou dessa ou das edições anteriores c...

PT

Conheça o top 9 do desafio CPFL

O último Mega Hack do ano contou com oito desafiantes. Entre eles, a CPFL reuniu nove equipes com ótimas ideias que batalh...

PT

Confira o Top 8 do Mega Hack 5.0!

Ufa! 11 meses se passaram, e conseguimos concluir cinco edições do Mega Hack! Durante o ano, só nos Mega Hacks, unimos mai...

PT

Employer Branding: como criar uma estratégia fo...

O employer branding age diretamente na imagem que a empresa passa para a sociedade influenciando diretamente em suas venda...

PT

Finalistas Mega Hack 5.0

Estamos chegando ao final da quinta e última edição de 2020 do Mega Hack. Mas calma, que agora vocês ainda irão conferir q...

PT

Como usar a Gestão da Inovação e manter sua emp...

Uma das principais características que todas as grandes empresas têm é a habilidade de inovação. No entanto, a inovação nã...