O que é a Open Innovation? Saiba como aplicar a inovação aberta em empresas tradicionais

O que é a Open Innovation? Saiba como aplicar a inovação aberta em empresas tradicionais

O mercado está exigindo, cada vez mais, que as empresas trabalhem com a inovação. No entanto, por vezes essa inovação não depende somente da empresa.

Por isso, as empresas têm buscado novos métodos de inovação. E um desses novos métodos que surgiram é a Open Innovation, ou Inovação Aberta.

Mas afinal, o que é a Open Innovation? Qual sua importância e como aplicar em empresas tradicionais? 

Neste post vamos responder todas essas dúvidas e mostrar como iniciar com esse processo em seu negócio.

O que é Open Innovation?

O conceito de Open Innovation surgiu na universidade de Berkeley, pelo professor Henry Chesbrough, que buscava diminuir a distância entre o lado acadêmico e a gestão prática.

O professor Chesbrough observou que, embora o conhecimento estivesse sendo rapidamente disseminado, as empresas continuavam a utilizar um modelo de inovação fechado, que não permitia se adquirir novas ideias de fora da empresa. 

Ele viu então, a possibilidade das empresas adotarem um modelo de inovação descentralizado e focado em colaboração.

Assim, temos que a Open Innovation trabalha com o esforço conjunto e uma alimentação de novas ideias de forma constante.

Vamos nos aprofundar mais nos seus benefícios e funcionamento mais adiante.

Quais os benefícios da Open Innovation para as empresas?

Open Innovation oferece um novo modo de enxergar as parcerias, sejam elas entre empresas ou instituições, onde as ações feitas nessa parceria vão gerar inúmeros benefícios.

Junto a aplicação da Open Innovation, também é importante se ter uma cultura de inovação na empresa. 

Pois, os indivíduos que promovem a inovação nos negócios, deste modo, quando são estimulados, é que realmente se tem todo o potencial de inovação. 

Portanto, a cultura de inovação deve estar atrelada com os resultados que se deseja atingir a partir da inovação

Além disso, temos outros benefícios que se destacam:

1. Cooperação

cooperação entre equipe

Ao se pensar em investir em inovação de processos, o foco é geralmente é interno, isto é, utilizando para a melhoria da própria empresa. 

Ao se utilizar a Open Innovation, a abordagem é feita em duas vertentes diferentes:

Externa ➡ Interno

Onde as ideias e tecnologias são pesquisadas no mercado para serem incorporadas nos processos da empresa.

Interno ➡ Externo

Neste cenário, as ideias que surgem na própria empresa são agregadas em processos de empresas parceiras.

2. Rentabilidade

O modelo de Open Innovation reduz significativamente os custos e o tempo para acessar novos produtos e tendências tecnológicas. 

Além de permitir uma atuação mais inovadora da empresa, o que é bem recebido no mercado e influencia para alcançar melhores resultados.

O modelo tem então uma maior rentabilidade, sendo assim mais econômico para as empresas e possibilitando um maior e melhor acesso às novidades em tecnologia e produtos do mercado.

3. Melhor implementação das propriedades intelectuais

A melhoria na implementação se dá pelos movimentos de mercado, que guiam o constante aperfeiçoamento do modelo de atuação para a sua evolução. 

Essa melhora pode acontecer por uma estratégia mais consistente de inovação, que evita agregar inovação de forma impensada e tem um processo de seleção mais crítico sobre o que precisa ser incorporado se utilizando como base as demandas existentes do negócio.

Como implantar o modelo de Open Innovation em uma empresa tradicional

Empresas tradicionais têm sua estrutura e hierarquia mais rígida, que pode oferecer alguns obstáculos para a inovação.

Para isto, podemos, desde implantar algumas ferramentas e métodos que possibilitem a inovação sem muitas mudanças na empresa, até repensar e implantar um novo modo de negócio.

Dentre essas formas de utilizar a Open Innovation, conectando a novos parceiros e auxiliando a estruturar uma inovação aberta as principais são:

Hackathons

hackathon

Os hackathons são maratonas de programaçãoprototipagem colaboração, com o intuito de intensificar o aprendizado da equipe, o networking e o reconhecimento, promovendo uma livre implantação de ideias.

A origem do hackathon se dá nos Estados Unidos, já havendo alguns exemplos pelo Brasil, sendo organizados pelos setores públicos e privados. 

Temos esse evento como um palco para o surgimento de ideias inovadoras, por isso, é um ótimo passo para uma empresa começar a se adaptar ao Open Innovation.

Startups

Programas e eventos junto com startups são mais um método que auxiliam na inovação

Sejam programas próprios ou com parcerias, as startups estão sendo procuradas por grandes empresas e incentivadas a desenvolverem novas soluções para o mercado.

Trabalhando em conjunto com startups, temos a ideia principal da Open Innovation, onde empresas já consolidadas ajudam as startups a estruturarem seus projetos e promovem um ambiente criativo e de inovação aberta.

Programas com clientes e fornecedores

Outro método para a implantação de ferramentas que possibilitam a Open Innovation são programas com a participação de pessoas externas, como clientes, fornecedores e a comunidade em geral, sendo uma ótima forma de gerar inovações que vão agregar valor a empresa.

Pois, abrindo um canal que possibilite receber ideias externas, pode gerar insights valiosos sobre os produtos e processos.

Conclusão

A Open Innovation é uma forma de mudar a forma como a empresa desenvolve produtos para se manter sempre a frente e que pode ser aplicada a todo tipo de negócio.

Porém, lembrando que é importante que apesar dessas ferramentas promoverem a inovação, é interessante que se inicie a criação de uma cultura de inovação na empresa. 

Essa mudança na cultura irá gerar cada vez mais ideias inovadoras, evoluindo ainda mais o modelo de negócio da empresa, assim gerando uma maior autoridade e competitividade no mercado.

Posts relacionados


GRANDES PROJETOS DO HACKA CCR

Após o fim de mais um hacka, estamos aqui para apresentar os melhores projetos do CCR!Mas calma lá que ...

Conheça o top 10 do desafio Órama

Seguindo o formato dos últimos hackas, o Mega Hack 5.0 também ocorreu de maneira 100% on-line. Mas isso não foi uma barrei...

Confira o TOP 10 do Mercado Pago!

E chegamos ao fim de mais um Mega Hack: a quinta edição de 2020, o último do ano. Tão grande, que não é à toa que ganhou o...

Conheça o TOP 8 do UBER

No Mega Hack, você tem a chance de mostrar a si mesmo que todo o seu potencial, quando bem trabalhado, pode ser convertido...

Conheça o top 05 do desafio Velt

Mais uma edição de sucesso do Mega Hack, e melhor de tudo, assim como nas edições anteriores, a realização se deu de forma...

CONHEÇA O TOP 10 DO DESAFIO LINKER

Uma maratona on-line com oito desafios. De um lado, empresas desafiantes. Do outro, times formados por uma galera empolgad...