Qual a diferença entre hard skills e soft skills?

Qual a diferença entre hard skills e soft skills?

A área de gestão de recursos humanos está em constante desenvolvimento, e dois termos que tem se popularizado são as hard skills e soft skills.

Ambos são usados para classificar os tipos de aptidão dos profissionais, de modo que auxilie durante a realização de uma avaliação de um colaborador de forma mais assertiva.

Por isso, vamos nos aprofundar nesses dois termos neste post, para que você entenda suas diferenças e, é claro, como você pode avaliar cada um desses perfis nos processos seletivos, e assim contratar os melhores profissionais para a sua empresa.

Vamos lá?

O que são hard skills e soft skills

Do inglês, a palavra “skill” significa “habilidade”.

Ou seja, ambos os termos se referem a aptidões de pessoas.

No entanto, não é possível traduzir os termos inteiros de forma literal, pois irão perder o seu sentido.

Por este motivo, vamos tratar dos termos hard skills e soft skills separadamente, para assim absorvermos um conhecimento completo de cada um.

Hard skills

hard skills

Temos como hard skills as habilidades profissionais que podem ser mensuradas de alguma forma, como um grau ou nível de conhecimento, por exemplo, um curso de língua estrangeira ou graduação.

Essas habilidades foram, por muito tempo, o principal ponto de análise de um profissional durante uma seleção.

Exatamente por serem aptidões mensuráveis, as hard skills são facilmente identificáveis, seja por um documento atestando aquele conhecimento, ou mesmo pela proficiência naquele assunto, como fluência em uma língua estrangeira.

São habilidades facilmente aprendidas por meio de cursos, treinamentos, workshops, entre outros.

Resumidamente, elas são entendidas como habilidades técnicas de um profissional.

Alguns exemplos de hard skill são:

  • Curso de língua estrangeira;
  • Graduação;
  • Cursos técnicos;
  • Conhecimento na operação de uma máquina;
  • Habilidades em informática.

Já que estas habilidades são facilmente reconhecíveis, são informações fornecidas pelo candidato já no currículo.

Asso, os recrutadores irão selecionar os currículos a partir das hard skills, que são relevantes para aquela função e para a própria empresa.

Soft skills

soft skills

Já as soft skills são difíceis de se quantificar e de reconhecer.

Pois, são habilidades comportamentais que estão ligadas diretamente as aptidões mentais do candidato, e sua capacidade de lidar positivamente com fatores emocionais.

Por não serem habilidades que podem ser atestadas por um curso ou certificado, as soft skills são bem mais difíceis de se compreender e reconhecer.

Porque abrangem a experiência social e comportamental da pessoa, o que faz com que sejam habilidades difíceis de serem ensinadas ou aprendidas.

Mas, ao longo dos anos, tem se tornado cada vez mais importante nas avaliações, graças às mudanças da realidade dentro das empresas nos últimos anos.

Uma vez que não adianta termos profissionais tecnicamente capacitados, mas que não saibam lidar com ambientes de pressão ou com trabalhos colaborativos.

Assim, temos as soft skills como fundamentais para o atual estilo de trabalho, onde as atividades são, em sua maioria, colaborativas e interligadas, além de estarmos inseridos em alguns ambientes de pressão.

Alguns exemplos de soft skills são:

  • Comunicação interpessoal;
  • Capacidade de persuasão;
  • Resolução de conflitos;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão; 
  • Senso de liderança;
  • Capacidade analítica.

Não costumam ser facilmente percebidas em um primeiro contato, por isso não são citadas em currículos, o que exige dos recrutadores a capacidade de identificá-las.

Como usar as hard skills e soft skills durante o recrutamento de pessoas?

Primeiramente, é importante que se faça um estudo para apurarmos as habilidades que procuramos para aquela função.

Onde as habilidades técnicas necessárias serão listadas nas hard skills, que serão utilizadas para seleção dos currículos.

Enquanto as habilidades comportamentais apuradas devem ser tanto as que se adéquem ao desempenhar da função, como capacidade de persuasão e saber trabalhar sob pressão, como também habilidades importantes para a cultura da empresa.

Por exemplo, uma boa capacidade de comunicação interpessoal, senso de liderança e proatividade.

Com essas soft skills reunidas e listadas, os recrutadores podem começar a montar as etapas que irão ser usadas para analisar os candidatos e identificá-las no comportamento do candidato.

Muitas dessas aptidões podem ser identificadas em dinâmicas em grupo, e, para isso, é necessário que se planeje de forma correta e eficiente estas dinâmicas.

Conclusão

Uma vez que você entende o que são hard skills e soft skills, é possível fazer um melhor recrutamento de pessoas para a nossa empresa.

Pois, assim você terá uma ideia plena das habilidades que são necessárias para os profissionais que irão assumir a função a qual estamos buscando preencher a vaga.

Assim, teremos recrutadores focados nas aptidões que realmente são de interesse da empresa, para que este futuro colaborador se encaixe perfeitamente na empresa.

E tenha plena capacidade de arcar com suas funções e atividades, no cargo.

Posts relacionados


GRANDES PROJETOS DO HACKA CCR

Após o fim de mais um hacka, estamos aqui para apresentar os melhores projetos do CCR!Mas calma lá que ...

Conheça o top 10 do desafio Órama

Seguindo o formato dos últimos hackas, o Mega Hack 5.0 também ocorreu de maneira 100% on-line. Mas isso não foi uma barrei...

Confira o TOP 10 do Mercado Pago!

E chegamos ao fim de mais um Mega Hack: a quinta edição de 2020, o último do ano. Tão grande, que não é à toa que ganhou o...

Conheça o TOP 8 do UBER

No Mega Hack, você tem a chance de mostrar a si mesmo que todo o seu potencial, quando bem trabalhado, pode ser convertido...

Conheça o top 05 do desafio Velt

Mais uma edição de sucesso do Mega Hack, e melhor de tudo, assim como nas edições anteriores, a realização se deu de forma...

CONHEÇA O TOP 10 DO DESAFIO LINKER

Uma maratona on-line com oito desafios. De um lado, empresas desafiantes. Do outro, times formados por uma galera empolgad...