Community Day Shawee: Cultura Maker

Community Day Shawee: Cultura Maker

Um dia inteiro de troca de experiências transformadoras, tanto para quem assiste quanto para quem está palestrando. Foi assim o Community Day que foi realizado no último dia 6 de junho.

Imagine ter uma vontade incrível de contar para as pessoas sobre tudo que você pode ensinar. Agora, pense que na sua primeira oportunidade, pessoas do Brasil inteiro estão junto com você para absorver todo esse conteúdo.

Foram 11 palestras durante todo o sábado. Uma enxurrada de coisas legais com dicas, novas perspectivas e outras culturas de trabalho. Seja aprendendo como desbloquear a criatividade ou sobre toda a área jurídica de uma startup. Tudo o que torna o Community Day especial, estava lá.

INTRODUÇÃO À 2ª PALESTRA DO DIA

A Ana Carolina Medrado, por exemplo, acadêmica de informação, desenvolvedora e fã dos hackathons da Shawee há dois anos, foi convidada para ser a segunda palestrante do dia e bater um papo sobre a cultura maker. Ao longo da palestra, Ana explicou que o Manifesto Maker significa realizar por si mesmo, compartilhar aquilo que se aprende, se divertir fazendo, dar apoio a quem faz e equipar-se para fazer. Ou seja, o movimento maker se baseia no fazer com as próprias mãos com base num ambiente de colaboração entre pessoas e grupos.

CULTURA MAKER E A TECNOLOGIA

Por instinto, somos todos makers. Quando crianças, desmontamos objetos para criar outros, sem precisar comprar novos. Isso faz totalmente parte da cultura maker.

A partir da revolução digital e da facilidade de acesso aos recursos tecnológicos, os projetos relacionados à tecnologia vêm ganhando grandes proporções na cultura maker, fazendo com que o número de pessoas que desenvolve tais iniciativas deseje cada vez mais compartilhar suas ideias e ter suas próprias criações.

A impressora 3D está muito ligada ao movimento maker. Com ela, é possível criar peças para montar os mais variados tipos de projetos.

Durante muito tempo, as informações eram restritas a poucos e a indústria ditava as regras da produção e da comercialização dos bens. Graças aos meios digitais, o acesso às informações democratizou-se e esse cenário deu uma reviravolta: quem passou a ditar as regras foi o consumidor. Dessa forma, com a revolução industrial, equipamentos caros foram barateados e as microempresas começaram a ter competitividade ao proporcionarem soluções criativas.

Grandes empresas passaram a solicitar aos makers que desenvolvessem produtos mais rapidamente e que atingissem diretamente as necessidades desse novo consumidor. Assim, o cenário do empreendedorismo aumentou, e a hegemonia da indústria foi quebrada.

CULTURA MAKER E A EDUCAÇÃO

Ao contrário do ensino tradicional, em que a educação é apenas transmitida do professor ao aluno em sala de aula, a cultura maker estimula o aprendizado através do fazer com as próprias mãos.

Além de tornar a sala de aula um ambiente colaborativo de aprendizagem, o “fazer você mesmo” torna possível uma maior interação entre estudantes e professores no processo de ensino-aprendizagem, algo inerente à proposta das chamadas metodologias ativas de ensino.

“Abraçar” a cultura maker ter algumas excelentes vantagens no processo de ensino-aprendizagem, como o desapego do ensino enfadonho para os alunos, especialmente das séries iniciais, as quais precisam de maior estímulo. Já no Ensino Médio, é o momento certo de despertar no aluno, interesses e habilidades necessárias ao mercado de trabalho.

Porém, é preciso ressaltar que a cultura maker na educação não está exclusivamente ligada à tecnologia. Os processos manuais também são abordados por esse conceito. Criar uma horta nos fundos da escola para fins didáticos, por exemplo, com a ajuda dos alunos, é um exemplo de atividade que pode gerar ótimos resultados para o aprendizado.

TIPOS DE ATIVIDADES NA CULTURA MAKER

Conheça alguns tipos de atividades da cultura maker que podem ser capazes de fazer você extrair uma boa renda. Estas, em específico, não necessitam do uso de muita tecnologia para serem realizadas. Por isso, mãos na massa!

1. Criação de roupas

Você nem precisa ser muito bom em costura para produzir suas próprias peças de roupas. Basta um pouco de criatividade, noção de estilismo, uma máquina de costura eletrônica integrada ao computador e alguns softwares específicos.

2. Alimentação e compostagem

Crie suas próprias receitas, ensine técnicas de fermentação caseira e mostre como cultivar sua própria horta de produtos orgânicos e a sua compostagem.

3. Ferramentas e instrumentos musicais

Recorra a uma impressora 3D para produzir as peças de ferramentas funcionais e instrumentos musicais totalmente exclusivos.

4. Limpeza doméstica

Se você tem uma receitinha especial de família que acaba com o mofo da casa ou um ingrediente natural que deixa as roupas mais brancas, chegou a hora de mostrar essas maravilhas para o mundo e lucrar com isso!

——————————

A grande surpresa do dia foi ter gente de todo o País acompanhando as palestras. E isso só foi possível graças ao formato on-line do evento neste ano.

A Shawee sentiu muito orgulho de fazer parte disso incentivando e gerando oportunidade de muita gente contar tudo que sabe e dividir experiências pela primeira vez.

Palestra completa no nosso canal youtube.com/shawee

Posts relacionados


COMMUNITY DAY: APRENDA A CONSEGUIR ALCANÇAR O D...

No dia 6 de junho, sábado, rolaram as lives do Community Day, evento que tem o objetivo de unir palestrantes de primeira v...

COMMUNITY DAY: Transforme a comunicação asserti...

Community Day: como o próprio nome já diz, é o dia da comunidade. Este ano, foi dia 6 de junho, data em que rolou muita tr...

Community Day Shawee: Cultura Maker

Um dia inteiro de troca de experiências transformadoras, tanto para quem assiste quanto para quem está palestrando. Foi as...

MEGA HACK: CONHEÇA O TOP 3 DO DESAFIO VTEX

Formado basicamente por nove empresas desafiantes e grupos compostos por desenvolvedor, business, marketing e UX, o Mega H...

MEGA HACK: CONHEÇA O TOP 3 DO DESAFIO SEBRAE

O Mega Hack é um hackathon 100% on-line composto basicamente por nove empresas desafiantes e diversos times formados por d...

MEGA HACK: CONHEÇA O TOP 3 DO DESAFIO PEGN E ÉP...

Nessa competição 100% on-line, cada uma das nove empresas desafiantes propõe um desafio, que deve ser escolhido pelos part...